domingo, 7 de julho de 2013

Anderson Silva é nocauteado e perde cinturão dos Médios

          Além de ser um duelo de dois dos melhores lutadores da organização de Dana White, um fator extra está apimentando o clima para o combate. As provocações e apostas no americano, por parte de Georges St. Pierre e Frankie Edgar, aumentam a expectativa para esta luta. Anderson se mostra tranquilo em meio aos comentários. Ele é experiente e o que acontece fora do octógono já não mexe com o psicológico do brasileiro. Se alguém não lembra, Anderson teve como adversário Chael Sonnen, o maior falastrão do UFC.
     Na trocação, Anderson fez vários adversários beijarem o chão do octógono. Os nervos de quem acompanhar essa luta estarão à flor da pele, pois Weidman também é perigoso em pé e, claro, vamos ver Spider com sua famosa guarda baixa. Se o brasileiro conseguir se defender bem do wrestling de Chris, não tenho dúvida que ele continua com o cinturão.

A luta aconteceu durante as comemorações do Dia da Independência americana, na noite deste sábado, dia 07 de Julho, em Las Vegas.
Houveram outras lutas neste Card como o Gabriel Napão, que venceu por nocaute e o brasileiro Edson Barbosa que venceu por nocaute técnico o Rafaello Oliveira. Houve ainda estreia do Roger Gracie que foi nocauteado por pontos, por Tim kennedy.

  

     Na luta principal, Anderson Silva estava certo: o único homem que poderia derrotá-lo era ele mesmo. E foi com uma postura equivocada e inexplicável, abaixando a guarda, brincando e pedindo para ser golpeado, que ele perdeu pela primeira vez no UFC, para Chris Weidman. O americano de 29 anos surpreendeu e nocauteou o brasileiro, de 38 anos, no segundo assalto, na madrugada deste domingo no UFC 162, em Las Vegas, na MGM Grand Arena. A derrota interrompe o recorde de vitórias (já eram catorze) e defesas de títulos (dez) do brasileiro, que deve ter seu futuro decidido nas próximas horas, quando os organizadores do evento participarão de uma entrevista - é provável que ele ganhe uma revanche imediata contra o novo campeão. Mas Anderson Silva não deve nem estar pensando em aposentar as luvas. Além de ter outras dez lutas em contrato com UFC, o brasileiro é viciado em novos desafios e certamente treinará em dobro para voltar ao octógono e tentar recuperar seu cinturão - desta vez, de preferência, lutando de forma séria, sem passar a luta toda provocando o oponente. (Veja)
Postado por: Nilton Silveira

Nenhum comentário:

LinkWithin

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

Ofertas

Receba todas as atualizações através do Facebook. Basta clicar no botão Curtir abaixo!

Powered By | Blog Gadgets Via Blogger Widgets