domingo, 20 de novembro de 2011

Os 6 Ministros que Caíram no Governo Dilma

Ao longo do período do governo Dilma a lista dos Ministros só aumenta mais. O último da saga é o Ministro Carlos Lupi, do Trabalho, que está sob investigação, bombardeado por denúncias de irregularidades e vem seguindo o mesmo roteiro dos que o antecederam: primeiro vem a Negação, quando eles dizem que são apenas acusações, depois a Transparência, em que falam em transparência e colaboração. 
O terceiro ato é o de Permanência no Cargo, onde se dizem ocupantes do cargo e que apenas a presidente tem o direito decidir e por fim a Defesa da honra, em que cada um deixa o cargo com “a consciência tranqüila”, etc, o que não é o caso de Lupi ainda, pois está sob investigação e foi convocado a comparecer à Comissão de Fiscalização Financeira e Controle da Câmara para mais depoimentos, com data a ser definida.

Lista dos Ministros que já sucumbiram diante de acusações:


O ex-ministro da Casa Civil Antônio Palocci disse: "Não há nenhuma comprovação de irregularidades sobre meu patrimônio. Nego qualquer denúncia desse tipo e não fiz tráfico de influência ou atuação junto a empresas públicas representando empresas privadas."

Não resistindo às acusações Palocci foi demitido em 07 de Junho.
O ex-ministro dos Transportes Alfredo Nascimento negando as acusações disse: "Até agora só existem acusações e denúncias. Não há comprovação de irregularidades e superfaturamentos nas obras citadas até o momento." 


A data de sua demissão, pelos fatos ocorridos, ocorreu em 06 de Julho.
 


Diante das acusações o ex-ministro Wagner Rossi falou: "Tenho enfrentado até agora acusações falsas, sem qualquer prova, nenhuma delas indicando um só ato meu que pudesse ser acoimado de ilegal ou impróprio."                              

Rossi deixou o Ministério da Agricultura no dia 17 de Agosto.





O ex-ministro do Turismo Pedro Novais quis subtrair de si a culpa, jogando-a na administração anterior: "As irregularidades apontadas até agora se referem às administrações anteriores a 31 de dezembro." (Boa maneira de tirar a culpa dos seus ombros, não é?).

A demissão de Novais ocorreu em 14 de Setembro.




Em um dos casos mais recentes o ex-ministro dos Esportes Orlando Silva (PCdoB) foi taxativo: "Não há e não vai haver quaisquer provas que me comprometam, porque as irregularidades não existem."
Ministro, que era bem indicado para comandar os preparativos para os dois grandes eventos esportivos dos próximos anos, Copa do Mundo Brasil 2014 e Olimpíadas Rio 2016, foi demitido no dia 25 de Outubro.

Lupi, ainda Ministro do Trabalho, foi o que mais causou mediante suas declarações de que só sairia à bala, se retratou, pedindo desculpas à presidente Dilma dizendo que foi agressivo e que a amava, permanece no cargo. Carlos Lupi já foi convocado pela Comissão para depoimento em data a ser marcada.

Diante das falas dos atuais e ex-ministros, fica complicado a população brasileira confiar e acreditar em seus políticos, pois todos dizem não ser culpados de nada, que não sabem de nada e que não viram nada... Daí a pouco vem o comunicado de que as denúncias procedem e são demitidos. E ainda tem alguns destes aí da lista se preparando para as próximas eleições!! Resta à população, cada vez mais, ficar "de olho" nos políticos que escolhem para nos representarem.

Responda enquete ao lado: De onde será o próximo Ministro a cair?!  ~>

Nilton Silveira Estudante de Administração de Empresas 6º período e Estagiário Banco do Brasil.

4 comentários:

Simony disse...

Vim conhecer seu Blog,por indicação da minha amiga Gi,seguindo meu Blog eu sigo de volta..bjs

Simony disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
Simony disse...

Estranho não encontrei meu link aqui...cadê?

Simony disse...

A tá como esta escondido,só visualizei agora,depois que vc informou...Vou colocar seu link lá.

LinkWithin

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

Ofertas

Receba todas as atualizações através do Facebook. Basta clicar no botão Curtir abaixo!

Powered By | Blog Gadgets Via Blogger Widgets