quarta-feira, 5 de dezembro de 2012

Morre Oscar Niemeyer, um dos ícones da Arquitetura Moderna

Oscar Niemeyer


O arquiteto Oscar Ribeiro de Almeida Niemeyer Soares, ícone da arquitetura moderna e um dos brasileiros mais reconhecidos no mundo, morreu nesta quarta-feira (5), aos 104 anos. Ele estava internado há 33 dias no Hospital Samaritano, em Botafogo, zona sul do Rio de Janeiro, por causa de uma infecção urinária. Ele também teve uma infecção respiratória e respirava com a ajuda de aparelhos.
Niemeyer foi um dos principais expoentes da arquitetura moderna e projetou o Brasil internacionalmente. O carioca ganhou reconhecimento a partir da exploração das possibilidades plásticas e construtivas do concreto armado, produzindo obras grandiosas e inventivas, marcadas pelo abuso de curvas em detrimento das linhas e ângulos retos.
Existem obras de Niemeyer em países como Estados Unidos, França, Espanha, Alemanha, Itália, Argélia, Israel e Cuba.
Dentre suas obras mais importantes estão: 


  • Palácio da Alvorada - Brasília
  • Palácio do Planalto - Brasília
  • Catedral Metropolitana Nossa Senhora Aparecida - Brasília
  • Casa do Cantador - Ceilândia - DF
  • Edifício do Congresso Nacional - Brasília
  • Igreja São Francisco de Assis no entorno da Lagoa da Pampulha em Belo Horizonte
  • Igrejinha da 307/308 Sul - Brasília
  • Parque do Ibirapuera em São Paulo Conjunto Arquitetônico da Pampulha – BH
  • Edifício Copan em São Paulo
Catedral de Brasília

Breve Histórico de Niemeyer
Niemeyer nasceu em 15 de dezembro de 1907 no Rio, filho de Oscar Niemeyer Soares e Delfina Ribeiro da Almeida. Sua família tinha ascendência portuguesa, árabe e alemã. Cresceu no bairro de Laranjeiras, onde se casou com Annita Baldo em 1928.
Em 1929, iniciou os estudos na Escola Nacional de Belas Artes, dirigida pelo também arquiteto Lucio Costa, com quem Niemeyer começou a trabalhar em 1932.
Em 1934, obteve diploma de engenheiro e arquiteto. Dois anos depois, conheceu o arquiteto modernista Le Corbusier. A obra do francês o influenciou de forma decisiva.

Igreja São Francisco de Assis em Belo Horizonte
Viajou aos Estados Unidos em 1938 e elaborou o projeto do Pavilhão do Brasil na Feira Mundial de Nova York.
Em 1945, ingressou no PCB e iniciou sua amizade com Prestes, a quem na velhice ajudaria a sustentar. "Fui sempre um revoltado. Da família católica eu esquecera os velhos preconceitos, e o mundo parecia-me injusto, inaceitável. A miséria a se multiplicar como se fosse coisa natural e aceitável. Entrei para o Partido Comunista abraçado pelo pensamento de Marx."
Regressou a Nova York em 1947, onde participou, ao lado de arquitetos do mundo todo, do projeto da sede da ONU (Organização das Nações Unidas).
Em 1950, foi publicada a obra “The Work of Oscar Niemeyer” (“O Trabalho de Oscar Niemeyer”), do arquiteto e historiador grego Stamo Papadaki, que ajudou a divulgar o arquitetura de Niemeyer no exterior.
Palácio do Planalto
Em 1954, fez sua primeira viagem à Europa, onde conheceu França, Itália, Alemanha, República Tcheca e a União Soviética.
No ano seguinte, fundou a revista "Módulo", que circulou, em edições mensais, até 1965, quando sua publicação foi interrompida pelo governo militar –a revista foi retomada em 1975 e editada até 1987.

Em 2007 o mestre da arquitetura completou 100 anos de vida. A comemoração contou com a presença de cerca de 600 amigos e familiares. No dia, Niemeyer citou mais de uma vez que a vida não é fácil e que, se tivesse que resumi-la numa palavra, escolheria a solidariedade: "Os pobres ficam vendo os palácios de hoje sem poder entrar”, disse. “A vida não é justa. E o que justifica esse nosso curto passeio é a solidariedade”.

A família era composta pela então esposa Vera Lúcia Cabreira, a filha Anna Maria, além de quatro netos, 13 bisnetos e seis tataranetos.


Postado por: Nilton Silveira

Um comentário:

Portal de Blogs Teia disse...

Olá.
Postagem divulgada no Teia.
Até mais meu amigo

LinkWithin

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

Ofertas

Receba todas as atualizações através do Facebook. Basta clicar no botão Curtir abaixo!

Powered By | Blog Gadgets Via Blogger Widgets