sexta-feira, 9 de dezembro de 2011

Pimentel: O oitavo Ministro a ser demitido no Governo Dilma?

     Bem, esta pergunta parece que está fácil de ser respondida. Se levarmos em consideração o retrospecto de todos os ministros anteriores que estiveram sob acusação no governo Dilma Rousseff, já sabemos a que fim nos levará mais este enredo. A propósito, enredo este que está ficando monótono já! Sempre assim: logo após cair um ministro recomeçam as acusações sobre um próximo; parece que já ficam preparando o dossiê enquanto tem um na berlinda. Não estou acusando e nem defendendo ninguém, apenas colocando o meu ponto de vista e creio que deverá ser compartilhado pelos senhores leitores, (que poderão deixar seu ponto de vista logo abaixo nos Comentários) e pela maioria também!

Vai um breve relato do que "tá pegando":
     A bola da vez é o Ministro Fernando Pimentel do Desenvolvimento, Indústria e Comércio Exterior, que segundo o Ministério Público de Minas Gerais, é acusado de superfaturamento em contrato entre a prefeitura de BH e o Executivo Municipal, na época em que o mesmo era prefeito da capital mineira.
Fernando Pimentel: Superfaturamento?!
O contrato em questão é com a empresa  do Grupo Camargo (Construções e Comércio Camargo Corrêa S/A) que segundo inquérito instaurado, o consórcio para construção de casas populares na capital mineira faturou quase R$ 170 milhões entre 1995 e 2010.
     Na disputa para o Senado no ano passado, Pimentel recebeu da dita empresa um total de R$ 2 milhões em depósito e mais R$ 1,8 milhões em dinheiro "vivo". Teve ainda o consórcio para obras de urbanização da Favela Cafezal, em que apartamentos que custavam R$ 25 mil eram constados como R$ 210 mil. Isto é mais que superfaturamento isto é um "Hiper-mega-Faturamento"!! Absurdo!!
     Na lista ainda consta a empresa HAP Engenharia que no Projeto Vila Viva no Morro das Pedras, bairro da capital! De acordo com as denúncias, os valores de apartamentos que eram avaliados em R$ 90 milhões, foi superfaturados e elevados para R$ 120 milhões, o que fez com que cada apartamento custasse aos cofres do governo o equivalente a R$ 154 mil cada um. 
     Os bens do Ministro Fernando Pimentel já chegou aos R$ 5 milhões e Justiça decretou o bloqueio enquanto o processo estiver em tramitação na 4ª Vara da Fazenda Pública em Belo Horizonte - MG.

     Parece brincadeira como cada um dos vereadores, prefeitos, deputados, senadores e ministros em que o eleitor confia seu voto faz pouco caso de todos!! A cada dia que passa fica mais difícil saber em quem votar e confiar o direito de lutar pelo povo. No caso em análise, o Ministro está brincando com uma das bases de toda família e ser humano: A moradia!! Será que ninguém mais tem um pouquinho só de ética e responsabilidade social com o povo que neles votaram?!!? Agora cabe à Comissão de Justiça analisar o caso, mas até quando vai este cai-cai de ministros? Vai demitir todos?!!? Esperemos!

Pense o Amanhã

Nilton Silveira Estudante de Administração de Empresas 6º período e Estagiário Banco do Brasil.

Nenhum comentário:

LinkWithin

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

Ofertas

Receba todas as atualizações através do Facebook. Basta clicar no botão Curtir abaixo!

Powered By | Blog Gadgets Via Blogger Widgets